Pela Copa do Brasil, Sampaio Corrêa e Independente se enfrentam, nesta quarta (31), às 20h30 (horário local), no Estádio Navegantão. Além da classificação para a segunda fase do torneio, o jogo único também vale a notável quantia de 600 mil reais.

A Bolívia Querida, depois do adiamento do jogo contra o Santa Quitéria, pôde trabalhar exclusivamente na preparação contra o Galo Elétrico. Com apenas dois jogos na temporada e, apesar das poucas opções de ataque, o clube vem de uma vitória, em casa, contra o Bacabal (3×0). Joga por um empate, o que pode ser fundamental na classificação.

Já o Independente, ainda invicto no estadual, conta com a experiência de seu elenco para tentar surpreender o Tubarão. Nos dois jogos em casa, conseguiu duas vitórias, contra Paragominas (1×0) e Remo (2×0). Precisando da vitória para avançar, o clube tem como trunfo o difícil campo do Navegantão.

Os dois clubes se enfrentaram apenas 2 vezes na história, em jogos oficiais, durante a Série D de 2011. Na ida, em São Luís, o Sampaio goleou por 4×1, mas perdeu o jogo da volta, em Tucuruí, pelo placar de 2×1.

A curiosidade fica por conta do treinador do Independente: Júnior Amorim, hoje técnico, já foi jogador do Sampaio Corrêa em 1998, durante a histórica Copa CONMEBOL. Naquele ano, além do 3° lugar na competição internacional, o Tubarão também disputara a Série B, ficando à frente de clubes como Bahia, Fluminense, Atlético Goianiense e Náutico.

O Sampaio deve vir a campo com: Andrey; Junio, Joécio, Maracás e James; Cesar Sampaio, Silva, Yuri e Marlon; Bruno Moura e Uilliam.

Deixe uma resposta