Após a confirmação de sua saída do Sampaio Côrrea após quatro anos no clube, o zagueiro Paulo Sérgio disparou contra o técnico Francisco Diá nas redes sociais. O jogador, que ainda não tem futuro definido, chamou o antigo comandante de “entregador de camisa que deu certo”.

O jogador aproveitou postagem feita pelo jornalista Afonso Diniz, em seu blog, para responder comentários de torcedores sobre sua situação. “O entregador de camisa que deu certo sempre amarrava nas entrevistas dele que eu ficaria bom em 2018, sendo que eu treinava com o grupo e muitas das vezes, nem me colocava para treinar”, desabafou.

O zagueiro confirmou que está em boas condições físicas e treinou bastante na reta final da Série C, mas acabou não sendo utilizado pelo treinador. “Não estou machucado, estou bonzinho. Graças a Deus terminei a competição treinando, não tive oportunidade e nem teria com ele”, afirmou.

Paulo Sérgio exaltou sua força de vontade para retornar de lesão, que atrapalhou a sua carreira nos dois últimos anos. “Aqui é trabalho e não mão no ovo e dormir. Eles não tiveram o prazer de mandar o Paulo Sérgio embora, eu que quis, pois o clube em primeiro lugar”, completou.

Aos 28 anos de idade, o zagueiro ainda tem muito futebol pela frente e deve definir o seu futuro nos próximos dias. Moto CLub, Maranhão e Santa Quitéria estão interessados pelo jogador.

Deixe uma resposta