Com informações de Erika Palley

Na tarde desta Segunda-Feira, 27 de Novembro, a Federação Maranhense de Futebol, por intermédio de seu Departamento Jurídico, divulgou suas decisões sobre as Manifestações formais apresentadas pelos rivais ludovicenses ao Regulamento do Campeonato Profissional de 2018.

Duas sugestões apresentadas pelo Sampaio Corrêa foram acatadas:

  • Retirada do desconto de 2,5% da renda da partida que seria destinada ao fomento das categorias de base;
  • Adequação na redação do artigo que tratava da condenação em multa de R$5.000,00 por jogo em caso de comprovada inadimplência ao pagamento de jogadores durante a competição.

Por sua vez, a polêmica manifestação do clube Rubro Negro foi indeferida, sob o argumento de ausência de possibilidade jurídica do questionamento da matéria. É que, segundo ato decisório da Federação Maranhense de Futebol, não há qualquer previsão no ordenamento jurídico do direito desportivo pátrio que possibilite insurgência com relação exclusiva à confecção da Tabela de Competições.

Assim, a Tabela anteriormente publicada deverá ser mantida, salvo alterações que sejam necessárias para adequação de calendário e transmissões, conforme possibilita o Estatuto do Torcedor.

Deixe uma resposta