Depois de mais um vacilo nos minutos finais que tirou a primeira vitória do Moto Club fora de casa nesta série C do Brasileiro, a equipe voltará a campo neste sábado, às 18h no Castelão em São Luis, onde recebe nada mais nada menos que o líder do grupo A, o CSA de Alagoas.

O treinador Marcinho Guerreiro deve promover alterações no time titular, com o retorno de Michel à zaga e as ausências de Raí, suspenso e Vitinho que foi desligado do clube. Outra mudança deve ser no esquema tático: sai o 4-3-3 que vinha utilizando praticamente por toda a temporada e entra o clássico 4-4-2. Assim, o Papão deve ir a campo com Saulo; Diego Renan, Michel, Lula e Lorran ( o insubstituível); Felipe Dias, Diogo Oliveira, Daniel Barros e Alex Henrique; Danillo Bala e Vinícius Paquetá no ataque.

No Azulão, o técnico Ney da Matta terá o desfalque do atacante Michel por contusão, o que possibilitará a entrada do equatoriano Angulo  no ataque da equipe Alagoana, que deve vir com Mota; Dick, Thales, Jorge Felipe e Rafinha; Boquita, Rosinei, Raul, Daniel Costa e Edinho; Daniel Ângulo na frente.

Moto e CSA fazem campanhas opostas. Enquanto o time Alagoano lidera o grupo com 23 pontos, o Rubro-Negro da Fabril está na perigosíssima 8ª colocação, com 12 pontos, fora da zona da degola por ter uma vitória a mais que o Confiança.

Com a campanha bem abaixo das expectativas que vem fazendo no Brasileiro, a diretoria do Moto decidiu lançar uma promoção onde menores de 18 anos de idade não pagam ingresso, esperando, enfim, que a torcida compareça em um número razoável para empurrar o time a uma vitória de imensurável importância diante de um difícil adversário mas que deixaria o Papão ainda com fôlego nesta complicada série C.

Deixe uma resposta