MOTO CLUB

* Por José Roberto Leite Jr

Saulo –  5,0. Nem foi tão exigido porque o time do CSA pouco perigo ofereceu, foi seguro e contou com a ajuda da trave em duas oportunidades, não teve culpa no gol.

Diego Renan – 2,0. Vinha fazendo uma boa partida pela direita junto de Danillo Bala, mas botou tudo a perder numa falta tosca que gerou sua expulsão, exagerada é verdade,  mas foi de uma irresponsabilidade sem tamanho.

Michel – 6,5. Melhor do time na partida, além de participar do gol atrapalhando o zagueiro do CSA que marcou contra, tirou todas as bolas da área Rubro-Negra que foram pro seu lado, ao contrário de seu companheiro de zaga.

Lula – 2,5. Na primeira etapa, cometeu uma falta besta que quase acaba em gol do CSA. No segundo tempo,  sua insegurança na hora de afastar a bola sempre deixaram a defesa em perigo, não por acaso, o gol de empate no fim foi em seu setor.

Lorran – 2,0. Chegou a enganar levando perigo nas bolas paradas na primeira etapa, no segundo tempo, aquela moleza de sempre.

Diogo Oliveira – 5,5. Bem na marcação, impediu que o meio campo do time alagoano se criasse por ali.

Felipe Dias – 6,0. Assim como seu companheiro, bem na marcação e   na movimentação no mieo na primeira etapa, cansou muito, como todo o time na segunda etapa.

Daniel Barros – 4,0. Até prendeu a bola no meio mas não teve objetividade alguma, tentou aqueles chutes característicos meio no bumba meu boi que pouco perigo levam.

Alex Henrique – 4,5. Foi o que mais tentou algo de qualidade no meio pro ataque mas ainda assim, partida fraca.

Danillo Bala – 6,0.  Movimentou-se muito bem, puxando bons ataques pelas pontas aproveitando sua velocidade, chegando a levar algum perigo no ataque, caiu na segunda etapa.

Vinícius Paquetá – 3,5. Pouco movimentou-se e mal apareceu na partida.

Reservas:

Tote – 4,0. Pouco chegou no ataque, ajudou mais defensivamente.

Toni Galego – 4,0. Tentou prender a bola na frente mas já com um jogador a menos, nada ajudou.

Válber – sem nota

Marcinho Guerreiro – 4,0. Tentou um time mais equilibrado no meio e no ataque, mas ainda não consegue extrair um melhor futebol de seus comandados, além do mais, fez substituições bem conservadoras que chamaram o CSA ainda mais pro campo do Moto.

Deixe uma resposta