SAMPAIO CORRÊA

Por Rafael Bayma

Alex Alves – 5. Duas boas saídas do gol. Uma defesa segura em falta. Vacilante no lance do gol da partida.
Roniery – 5,5. Alguns cruzamentos errados na frente, muito trabalho atrás, na disputa contra Galego.
Carlos Alexandre – 6 Envolvido em alguns lances, bem na maioria.
Maracás – 6,5. Firme, mas as vezes perdeu o tempo
Esquerdinha – 6. Com muito trabalho pra conter Vitinho, pouco avançou
César Sampaio – 5,5. O combate de costume no meio, desta vez com vários passes errados.
Diego Valderrama – 4,5. Passou mais tempo rolando no campo que produzindo.
Hiltinho – 6. Condutor dos lances mais agudos, outra vez.
Marlon – 3. Teve duas grandes chances logo no início do jogo, optou pela sequência errada em ambos. A partir de então caiu vertiginosamente de produção.
Felipe Marques – 6. Muita dificuldade para se manter na linha de impedimento, o que impediu uma série de lançamentos em sua direção. No segundo tempo deixou Isac duas vezes em condições claras pra marcar.
Isac – 1. Perdeu dois gols FEITOS, SEM GOLEIRO, DENTRO DA PEQUENA ÁREA. O primeiro quando estava 0-0, o segundo no 1-0. Ainda perdeu outro lance cara a cara já no final do jogo. Partida pra esquecer.

Reservas:
Reginaldo Júnior – 5. Nada produziu.
Wellington Rato – 4,5. Lance que mais chamou atenção foi uma inversão pra ninguém.
Uillian – sem nota.

Técnico Francisco Diá – 6. Colocou o time para justificar a condição de favorito logo no início. Viu seu time pressionar e perder gols. Tomou um no início do segundo tempo e fez alterações que impuseram maior volume. Não ganhou hoje porque faltou alguém pra por a bola pra dentro

 

MOTO CLUB

Por José Roberto Leite Jr

Marcio Arantes- 7,0. Salvou o Moto em uma oportunidade de frente com o canisa 9 do rival, dentre outras chances que tiveram.
Tote – 7,0. Mais uma boa partida do lateral. Apoiou bem com a ajuda de Vitinho, deixou alguns espaços para ataques do Sampaio mas que
felizmente não prejudicaram.
Michel – 5,0. Alguns vacilos que poderiam ter complicado para o Moto.
Lula – 5,0. Assim como seu companheiro, deu algumas bobeiras que poderiam ter acabado em gol do adversário, não comprometeu mas foi apenas regular.
Lorran – 4,0. Partida fraca do lateral-esquerdo, pouco defendeu, teve muitas oportunidades de criar algo na frente mas sempre matava o ataque.
Felipe Dias – 7,0. Autor do gol,voltou a jogar bem, com muita raça e marcando forte, ainda não é o Pitbull mas a continuar assim, será muito importante na caminhada do Papão.
Diogo Oliveira – 6,5. Participação discreta do volante.
Vitinho – 7,5. Boa partida na ponta direita, tabelou algumas vezes com Tote criando boas oportunidades para o Moto naquele setor.
Valber – 7,0. Boa partida do meia, mais uma vez com a bola parada sendo uma de suas melhores armas, assistiu ao gol de Felipe Dias.
Toni Galego – 5,5. Chamou bastantre o jogo pela esquerda, sofreu algumas faltas que poderiam gerar mais perigo á defesa adversária.
Vinícius Paquetá – 6,5. Tentou prender a bola no ataque mas não surtiu tanto efeito.

Reservas:
Daniel Barros – 4,0. Estreou contra seu ex clube mas ainda fora de jogo, não rendeu muito.
Danilo Bala – 4,5. Entrou ja nonfun da oartida pra segurar o resultado.
Jerson – sem nota

Marcinho Guerreiro – 7,0. Não inventou, levou a campo o time que vinha jogando, com aquele papo de boleiro junto do novo auxiliar Jack Jones, conseguiu motivar seus comandados para tão importante partida.

Deixe uma resposta