Por Rafael Bayma

Alex Alves – 5. Assistiu o jogo. A única bola que foi em sua meta, entrou. Mas foi uma cabeçada de dentro da pequena área, entre dois zagueiros.
Roniery – 4.
Maracás – . 4,5.
Fredson – 4,5.
Esquerdinha – 5. Começou jogo voando, dando uma assistência e outros dois bons cruzamentos. Parou aos 20 do 1T
César Sampaio – 6,5. Herói da partida. Gol da vitória no último lance, que reverteu a vantagem para o jogo final.
Valderrama – 4.
João Vitor – 4,5.
Hiltinho – 4. Jogou 20 minutos apenas, tal qual Esquerdinha.
Felipe Marques – 3,5.
Isaac – 4. Aproveitou a segunda bola cruzada na área para abrir o placar. Ainda no primeiro tempo teve outras 2 chances. No segundo, mais 2.

Reservas:
Uillian – 4.
Ricardo Maranhão – 4.
Igor Fernandes – sem nota.

Francisco Diá – 4. Sampaio começou voando. Parou de jogar muito cedo, caindo na tradicional armadilha do Cordino de amarrar o jogo. Não conseguiu fazer seu time produzir nada no segundo tempo.

 

 

Por José Roberto Leite Jr

Eduardo Alves – 4,0. Salvou o Cordino de perder por um placar maior salvando em cima da linha, não teve culpa nos dois gols que tomou.
Lucas Costa – 3,0.
Bruno – 2,5. Muito inseguro, tentou dar um bico e acabou furando deixando a bola sobrar pro gol da vitória do Sampaio.
Ferreira – 3,0.
Alef – 3,0.
Alison – 3,5.
Romero – 3,5.
Henrique – 4,5. Aproveitou cruzamento na medida de Pedro Gusmão para marcar o gol do Cordino mesmo estando em posição irregular.
Ulisses – 3,0. Fora em cobranças de faltas, e num raro contra-ataque, outra partida abaixo da média do camisa 10, pode render bem mais.
Jocivan – 3,0.
Pedro Gusmão – 4,0. Deu a assistência que assegurou o empate do Cordino, não tem culpa nenhuma se a zaga do Sampaio e a arbitragem deram mole no lance.

Reservas:
Lucas – 3,0.

Éder – sem nota

Marlon Cutrim – 6,5. Armou o time com as poucas peças que tinha para assegurar pelo menos o empate. Lograva êxito na estratégia até o último lance da partida, quando sua zaga deu bobeira e tomou o gol da derrota.

Deixe uma resposta